São Tomé, 

a quintessência do exotismo e da autenticidade

 

A ilha de São Tomé proporciona um vasto leque de panoramas que o fará mergulhar-se em ambientes muito distintos. Qualquer seja o local em que estiver, terá sempre presente o prazer da contemplação.

Descobrirá uma cultura rica e variada, paisagens diversificadas, uma natureza exuberante, aldeias pitorescas, uma arquitectura de origem colonial portuguesa e pessoas extraordinariamente simpáticas. 

Uma estadia em São Tomé permite-lhe não apenas descobrir uma costa magnífica, mas também um interior selvático.  

Ideias de actividade para fazer na ilha de São Tomé

TERRITÓRIO

A ilha de São Tomé situa-se na linha do equador e está a cerca de 300 km do continente africano. Tem uma superfície de 856 km² para 193 000 habitantes (2016), a ilha de São Tomé é a maior do arquipélago e abriga seis distritos, nomedamente, Água Grande, Lobata, Lembá, CauéCantagalo et Mé-Zochi

A ilha de São Tomé abriga também a capital que leva o seu nome, São Tomé, bem como o Aeroporto Internacional de São Tomé e Príncipe (distrito de Água Grande). Todavia, existem outras aglomerações importantes na ilha de São Tomé, como Neves e Guadalupe, situadas no Norte, Trindade e Santana, no centro-este, e a cidade de Ribeira Afonso, no litoral este e Santa Catarina no litoral oeste. É nessas aglomerações do país que surgem a maior parte dos hospitais, escolas, estabelecimentos turísticos e restaurantes.

HISTÓRIA

Inicialmente deserta, a ilha de São Tomé é a primeira do arquipélago a ter sido descoberta. Ela deve o seu nome ao dia da sua descoberta pelos navegadores portugueses João de Santarém e Perô Escobar, o dia 21 de Dezembro de 1470, o dia do Santo Tomé. Assim sendo, a história de São Tomé é marcada por uma cultura e povoamento mestiços, bem como por um sistema económico baseado no emprego massivo da mão de obra escrava vinda do continente africano para o cultivo da cana de açúcar, café e cacau.

Devido ao seu passado colonial, o arquipélago é hoje membro da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), nos mesmos termos que Portugal, Brasil, Cabo Verde, Angola, Moçambique, Guiné Bissau e Timor Leste. Por outro lado, faz também parte dos países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP).

POPULAÇÃO

O contexto de colonização do arquipélago conduziu a diferentes etapas de povoamento com a introdução de povos distintos, nomeadamente etnias africanas (maioritárias) e europeias. Assim sendo, na ilha de São Tomé, podemos distinguir :

- os forros ou filhos da terra : nascidos da união dos primeiros colonos portugueses com as escravas;

- os angolaresdescendentes de escravos fugitivos que formam hoje uma comunidade de pescadores. Este grupo distingue-se sobretudo por uma língua crioula que lhe é própria, o angolar.

- os tongas : descendentes de antigos trabalhadores contratados vindos de Cabo Verde, Angola e Moçambique para servir de mão de obra nas roças no século XIX, denominados « os serviçais ».

Ainda que muito minoritária, existe também uma presença europeia composta maioritariamente por portugueses. São sobretudo descendentes de colonos e recém-chegados.

Infelizmente o desemprego, em forte crescimento no país, gera o fenómeno de êxodo rural, originando uma grande concentração da população na capital de São Tomé. Aquela abriga um terço da população total do arquipélago, contendo assim um pouco mais de 70 000 habitantes (2014). Logo, 66,2% da população vive nas zonas urbanas do arquipélago.

 

São Tomé & Principe,

as ilhas fora do tempo

CONTACTE-NOS  +239 9898 104 / +239 9898 105

Descubra uma terra virgem e única no mundo : o arquipélago de São Tomé e Príncipe. Este destino é ideal para os amantes da natureza, encontro e autenticidade. 

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - Cercle blanc
  • Twitter - Cercle blanc
  • Blanc Icône YouTube
  • LinkedIn - White Circle

Aceitamos os pagamentos :

Website proudly created and designed by K.Pires and Y.Caillol